Arquivo da tag: São Paulo

FILE 2016

Não é a primeira vez (nem será a última!) que eu falo do FILE aqui no blog. O Festival Internacional de Linguagem Eletrônica está cada vez mais incrível, a chamada dessa edição é “venha passar do limite”, como um convite para “destrancar a porta dos sentidos”.

Uma mistura de arte eletrônica com arte contemporânea que driblam os limites estéticos e combinam o espaço real com o espaço virtual, no design, no game, na animação e na arte. A interação e contemplação das obras ampliam nossa mente e fazem com que nossa imaginação vá além de seu limite. Demais!

Enquanto visitei a exposição pude constar que as instalações mais concorridas são a The Indivisible [Prototype nº 1], um mural digital super colorido que todos querem fotografar, e a Tape São Paulo, uma espécie de túnel em formato orgânico feito com fitas adesivas em que o público pode passear por dentro dele, mas eu não consegui ir porque fechou antes, então só fotografei por fora ):

FILE 2016 – até 28/08
Centro Cultural FIESP: Av. Paulista, 1313
Todos os dias, das 10h às 20h – Entrada gratuita

Kiss in Tokyo

Mais um look com camiseta preta, tirando a botinha do armário e tentando “combinar” a estampa com o cenário hihihi :P

  • camiseta Riachuelo
  • saia Forever 21
  • meia-calça Trifil
  • mochila Renner
  • bota Schutz
  • óculos Endossa

Oba quermesse!

Uma coisa muito boa que vem com o frio são as festas juninas e quermesses. Eu adoro! Fui algumas vezes em uma que tem aqui perto de casa, é bem simples apesar de ser na Catedral de Osasco, mas ainda assim me deliciei com vinho quente e muitas comidinhas gostosas!

Ainda quero ir mais vezes e eu vou ganhar aquele bingo! hahaha

Krusty

Oi gente, quanto tempo sem um ~look do dia~ por aqui, né?! Pois é, e chegou o frio pra valer, que eu detesto, mas adoro um casaco com botinha, então tudo bem! hahaha

  • camiseta Riachuelo (emprestada do Psy)
  • casaco Carrefour
  • bolsa e calça Forever 21
  • bota Renner

Bosque das Cerejeiras

No fim de semana eu e ozamigues fizemos uma viagem até o Parque do Carmo para conhecer o Bosque das Cerejeiras, onde fica a maior concentração de árvores cerejeiras de São Paulo, com cerca de 4mil árvores e quatro tipos diferentes de flores. Como não pudemos ir no Festival das Cerejeiras no fim de semana anterior, corremos neste para ver os resquícios de flores do parque.

As flores de cerejeira demoram para nascer e são super frágeis ): por isso, mesmo indo apenas uma semana depois delas terem florescido, não conseguimos ver aquelas árvores completameeeenteee cheeeeias de florezinhas cor de rosa. Mas valeu a pena o passeio, o dia estava lindo e ainda conseguimos registrar muitas fotos com as sakuras para mostrar aqui ♥

Parque do Carmo – Olavo Egydio Setúbal
Av. Afonso de Sampaio e Souza, 951 – Itaquera – São Paulo
Aberto todos os dias das 5h30 às 18h

❀ ❀ ❀

Backstreet Boys em SP – eu fui!

Agora que eu já estou recuperada, posso vir aqui contar que o show dos Backstreet Boys foi maravilhosooo ♥

Eu não fiquei pertinho deles no palco, muito menos fui ao After Party ou Meet & Greet – infelizmente, meu poder aquisitivo só me permitiu realizar esse sonho de vê-los a distância… mas o “longe” era tão perto que valeu a pena!

Eles não são mais aqueles meninos com carinhas angelicais, mas continuam lindos, cantam e dançam, são uns fofos e superengraçados! Nick fazendo ~aquela carinha~ e pedindo para as fãs, que hoje beiram os 30, voltarem aos 15 anos; depois Kevin pedindo pra todos “festejarem” como em 1999… ai meu coração!

Claro que pra essa ocasião foi necessário um traje especial! As camisetas com estampas da música Everybody são da No meu tempo era assim. Perfeitas! E, bem, as fotos não estão maravilhosas, mas eu realmente queria compartilhar aqui esse momento :3

Foi lindo!!!

O Mundo Segundo Mafalda

Outra exposição linda que está em São Paulo é a “O mundo segundo Mafalda”. Inédita no Brasil, depois de passar pela Argentina, Costa Rica, México e Chile, foi feita especialmente para comemorar os 50 anos da personagem criada pelo cartunista argentino Quino.

Mafalda é uma criança que tenta compreender o mundo, fazendo reflexões curiosas e engraçadas, e carrega em si muitas críticas e analogias. Seus cabelos e pensamentos rebeldes ficaram conhecidos em todo o mundo – as histórias em quadrinhos já foram traduzidas para 26 idiomas.

A maior parte da mostra é interativa e, além de seus amigos Manolito, Felipe, Susanita, Miguelito, Guille e Libertad, também podemos conferir os ambientes frequentados pelos personagens, como os cômodos da casa e o carro da família.

Um amorzinho de exposição! Confiram nas fotos abaixo (:


O Mundo Segundo Mafalda – até 28/02/2015
Praça das Artes: Avenida São João, 281 – Centro – SP
Todos os dias, das 9h às 20h – Entrada gratuita

Exposição Ron Mueck

Nove obras do aclamado Ron Mueck estão disponíveis para visitação na Pinacoteca, entre elas três inéditas. O artista australiano é conhecido por suas esculturas de figuras humanas extremamente parecidas com a realidade, mas sempre maiores ou menores que uma pessoa real.

“Eu nunca faço figuras em tamanho real, porque nunca me pareceu interessante. Nós conhecemos pessoas de tamanho real todos os dias”

Cada detalhe é produzido com perfeição, cada unha, pelo, veia… Suas figuras parecem estar congeladas em uma situação banal do cotidiano e suas expressões faciais são misteriosas, estimulando a nossa imaginação sobre elas. É realmente difícil de descrever o que sentimos ao olhar para essas obras incríveis.

Ron Mueck – até 22/02/2015
Pinacoteca do Estado de São Paulo: Praça da Luz, 2 – Centro
De terça a domingo, das 10h às 18h; quinta das 10h às 22h – R$ 6,00

FILE 2014

Esta é uma edição comemorativa para o Festival Internacional de Linguagem Eletrônica – FILE, pois é sua 15ª edição e, assim, se consolida como principal evento de arte e tecnologia do Brasil. Realizado desde 2000, o FILE visa disseminar e desenvolver novas formas de expressão artística, tecnologia e pesquisa científica.

São instalações interativas, performances, games, animações, videoarte, maquinemas e, especialmente nesta edição, uma seleção de obras de artistas japoneses em parceria com o Japan Media Arts Festival. Tudo muito bacana e vale conferir de perto ;]

FILE 2014 – até 5/10
Centro Cultural FIESP: Av. Paulista, 1313
Seg. 11h às 20h; ter. à sáb. 10h às 20h; dom. 10h às 19h – Entrada gratuita

Os Gemeos – A Ópera da Lua

Uma das exposições mais concorridas aqui em São Paulo é A Ópera da Lua, d’Os Gemeos. Fiquei na fila por um tempo e quase não consegui entrar, pois a entrada só é permitida até 30 minutos antes do fechamento do galpão e a fila se encerra com uma hora e meia de antecedência… foi difícil, mas valeu.

A mostra é dividida em três salas e reúne cerca de trinta pinturas, esculturas e uma vídeo-instalação. Em sua maioria inéditas, as obras trazem a multiplicidade de técnicas que os dois usam em seus trabalhos: o graffiti, os desenhos, as pinturas em murais e a paleta multicolorida, além dos personagens singulares de cor amarela imediatamente reconhecíveis.

A dupla Os Gemeos é formada pelos irmãos (gêmeos) Otávio e Gustavo Pandolfo, de São Paulo, onde vivem e trabalham. Já participaram de diversas exposições importantes pelo mundo e figuram entre os artistas mais renomados do Brasil.

Cheio de cores, detalhes, padrões e riqueza artística, é quase impossível acompanhar o mundo imaginário criado pelos Gemeos, que desde 2010 não apresentam uma exposição tão significativa em São Paulo. Eu trouxe o máximo que pude para o blog, mas vale muito a pena visitar A Ópera da Lua!

aoperadalua_01

aoperadalua_02

aoperadalua_03

aoperadalua_04

aoperadalua_05

aoperadalua_06

aoperadalua_07

aoperadalua_08

aoperadalua_09

aoperadalua_10

aoperadalua_11

aoperadalua_12

aoperadalua_13

aoperadalua_14

aoperadalua_15

aoperadalua_16

aoperadalua_17

aoperadalua_18

aoperadalua_19

aoperadalua_20

aoperadalua_21

aoperadalua_22

A Ópera da Lua – até 16 de agosto
Galeria Fortes Vilaça: Rua James Holland, 71 – Barra Funda – SP
De terça à sexta das 10h às 19h; sábados das 10h às 18h – Entrada franca