Arquivo da tag: Recoleta

Hard Rock Cafe

No Brasil temos dois Hard Rock Cafes, um em Belo Horizonte e um no Rio de Janeiro… não entendo porque não tem em São Paulo, mas ok, aproveitamos o de Buenos Aires enquanto estávamos lá (:

Na capital portenha, o café do rock fica na parte externa do Buenos Aires Design (único shopping dedicado exclusivamente ao design, construção e decoração) e tem dois andares de restaurante e um subsolo de loja. É lindo e nós fomos lá conferir a decoração, tirar fotos, desejar os cartazes e comprar camisetas e canecas eeee!!

Hard Rock Cafe Buenos Aires: Av. Pueyrredón y Libertador – Recoleta – Buenos Aires
Restaurante: dom. à qui. 12h à 1h, sex. e sáb. 12h às 3h; Loja: dom. à qui. 11h à 1h, sex. e sáb. 11h às 2h30

chica fresca

Diferente dos dias nublados (e de muito mormaço) que está aqui em São Paulo, Buenos Aires estava sempre bem ensolarada e colorida, as sombras das árvores nas praças ajudavam a proteger do sol e vira e mexe batia um vento fresco ;D

  • vestido CheckMate
  • alpargata de um homem que vendia na porta de casa em Bs As
  • bolsa Renner
  • óculos Passado Presente Brechó

Que saudade de Bs As ♡

Recoleta

Fomos ao bairro Recoleta quase todos os dias, tinha muitas coisas legais para ver, além de ser o mais elegante que visitei. Ruas bem arborizadas e muitas atrações culturais. Tendo como principal ponto a Plaza Intendente Torcuato de Alvear, ou como é popularmente conhecida Plaza Francia, a praça é um ambiente familiar com crianças brincando no parque e adultos deitados no gramado, lendo, descansando e/ou tomando sol (sim, eles vão de biquini e deitam na grama – isso é comum nas praças da Recoleta e Palermo).

Nos finais de semana e feriados a praça é palco para a feirinha que existe desde a década de 70, iniciada por jovens no periodo ditatorial e ao seu redor está o Museu de Belas Artes, a Biblioteca Nacional, Universidade de Direito e o famoso cemitério da Recoleta.

Um ponto turístico considerado novo por lá é a Floralis Genérica, uma escultura de flor metálica de 23 metros, feita pelo arquiteto Eduardo Catalano e dada à cidade em 2002. A obra possui um sistema elétrico que faz a abertura e fechamento de suas pétalas conforme o horário. De manhã suas pétalas se abrem e ao entardecer vão se fechando (como fomos cedo, não vimos essa parte hehe).

No  Cementerio de la Recoleta estão enterrados apenas aqueles que tiveram uma família com passado importante para a Argentina, sim, é um privilégio para eles. Lá encontramos o túmulo de Evita Perón – quando a ex-primeira-dama faleceu e decidiram levar seu corpo para lá houveram protestos, afinal, sua família não fazia parte da aristocracia argentina e isso soou como uma afronta. Enfim, o lugar é lindo e os mausoléus feitos por famosos arquitetos transformam o cemitério em um verdadeiro museu.

Ainda na Recoleta encontramos mais coisas legais, mas ficarão para outro post ;]

¡Hola! ¿Qué tal?

Acho que muita gente não sabe, mas eu e o Psy finalmente tiramos férias e agora estamos aqui, em Buenos Aires, para passar uma semaninha se entupindo de empanadas e dançando tango eeee hahaha

Chegamos ontem à noite e fomos conhecer (e jantar) o shopping que fica aqui perto, o Alto Palermo… Hoje passeamos pela Av Santa Fé e, quando percebemos, andamos demais! Mas foi legal e pudemos ter mais noção de direções dos bairros por aqui.

Também fomos num lugar bastante indicado por amigos, a Galería Bond Street. Uma espécie de Galeria do Rock reduzida, é onde a cultura street aqui de Buenos Aires se concentra, com lojas de skate, grafite, hip hop, rock, punk, estúdios de piercing e tatuagem.

Galería Bond Street – Avenida Santa Fé, 1670 – Recoleta