Arquivo da tag: Por aí

Campos do Jordão e os chocolates

Uma coisa que eu vi muito por Campos foi chocolate. São infinitas lojas e chocolaterias especiais por onde se passa – e eu não consegui deixar de fazer esse post (socorro, já estou com água na boca!).

Primeiro a Cacau Show, que tem uma Fábrica Artesanal muito lindinha e de longe avistamos sua cobertura de chocolate derretido – de mentira, claro. Dentro é uma grande loja com cascatas de chocolate, café, esculturas e uma variedade gigante de trufas, barras etc. A fábrica de chocolates da Cacau Show fica em São Paulo e não é possível visitar.

Outra é a Chocolate Araucária, lá sim é possível ver todo (ou grande parte) do processo de fabricação dos chocolates, tudo através de uma parede de vidro. No segundo andar da fábrica fica o Museu do Chocolate, um espaço com a história do chocolate com fotos e utensílios.

Também tem um ateliê e a loja, para os visitantes apreciarem as diversas opções do menu à base de cacau, além de tortas doces e salgadas, café, bolos, sorvetes e o fondue express.

choco_01

choco_02

choco_03

choco_04

choco_05

choco_06

choco_07

choco_08

choco_09

choco_10

choco_11

choco_12

choco_13

choco_14

choco_15

choco_16

choco_17

choco_18

choco_19

Cacau Show: Av. Frei Orestes Girardi, 3257 – Vila Jaguaribe
Chocolate Araucária: Rua Amadeu Carletti Jr., 255 – Vila Jaguaribe
As visitas são gratuitas e não precisam ser agendadas.

Centro Histórico – Santana de Parnaíba

No último domingo fui com a família conhecer o centro de Santana de Parnaíba, município fundado em 1580, na região metropolitana de São Paulo – e para muitos é considerado ~interior~. Aproveitamos o sol e fomos curtir a feirinha (:

A cidade possui o maior conjunto colonial existente no estado de São Paulo, os casarões dos séculos XVII e XVIII foram tombados e restaurados, muitas ruas ainda são de paralelepípedos e a Igreja  Nossa Senhora de Sant’Ana se destaca no Lgo. da Matriz.

santanadeparnaiba_01

santanadeparnaiba_02

santanadeparnaiba_03

santanadeparnaiba_04

santanadeparnaiba_05

santanadeparnaiba_06

santanadeparnaiba_07

santanadeparnaiba_08

santanadeparnaiba_09

santanadeparnaiba_10

santanadeparnaiba_11

santanadeparnaiba_12

santanadeparnaiba_13

santanadeparnaiba_14

santanadeparnaiba_15

santanadeparnaiba_16

santanadeparnaiba_17

santanadeparnaiba_18

santanadeparnaiba_19

santanadeparnaiba_20

santanadeparnaiba_21

Cervejaria Baden Baden – Campos do Jordão

A Baden Baden é uma microcervejaria original de Campos do Jordão e foi fundada em 1999 por quatro amigos apaixonados por cerveja. E porque estou falando sobre isso? Primeiro porque hoje é o dia internacional da cerveja yay! (toda primeira sexta-feira de agosto); segundo porque a Choperia Baden Baden é a mais disputada da Vila Capivari e conhecer sua fábrica em Campos é um dos passeios imperdíveis: o Baden Baden Tour!

Atualmente a Baden Baden pertence à Brasil Kirin (segunda maior cervejaria do país), mas isso não mudou nada em sua fabricação, que continua sendo no melhor estilo alemão. Assim, a marca conquistou prêmios nos principais campeonatos do mundo, como o European Beer Star, o Australian International Beer Awards, South Beer Cup e World Beer Cup.

Na visita à fábrica aprendemos como são feitas, conhecemos todo o portfólio de cervejas da marca (atualmente são 7 + 2 sazonais) e degustamos duas das mais tradicionais cervejas Baden Baden: a Cristal: estilo Pilsen, feita com maltes de cevada, tem aroma de cereais, teor alcoólico de 5,0%; e a Stout: escura, feita com malte torrado, levemente amarga e com aroma de café e chocolate, teor alcoólico de 7,5%.

cdjbaden_01

cdjbaden_02

cdjbaden_03

cdjbaden_04

cdjbaden_05

cdjbaden_07

cdjbaden_08

cdjbaden_09

cdjbaden_016

cdjbaden_10

cdjbaden_11

cdjbaden_12

Durante a viagem (não na fábrica, mas ainda em Campos) experimentos a 1999: estilo Bitter Ale (original da Inglaterra), coloração cobre avermelhada, amarga com aroma de lúpulos florais, teor alcoólico de 6,0%; a sazonal Celebration Inverno: estilo Double Bock, escura e bem encorpada, aroma adocicado, teor alcoólico de 8,2%; e a novidade (e edição limitada) Chocolate Beer: leve amargor do malte torrado, mas com aroma doce de baunilha e chocolate (na verdade é apenas cacau), teor alcoólico de 6,0%. Todas super aprovadas!

O tour custa R$15,00 e é necessário angendar pelo telefone (12) 3664-2004.

Universo Pathos

Ontem estava passeando pela Vila Madalena e aproveitei pra vistar a galeria de arte A7MA, mesmo sem saber qual era a exposição da vez: Universo Pathos, do paulistano André Monteiro, conhecido como Pato (artista plástico e grafiteiro).

São pinturas a óleo e guache, desenhos em nanquim, gravuras e esculturas interativas. Com muitas cenas de nudez, tudo bem colorido, sugerindo a farsa escondida no comportamento social.

Adorei tudo e ainda bem que passei lá, pois infelizmente esses são os últimos dias da expo em SP (ela vai para a Fundação CSN em Volta Redonda – RJ), mas graças a câmera do celular, consegui registrar tudo na hora para mostrar aqui (:

pathos_01

pathos_02

pathos_03

pathos_04

pathos_05

pathos_06

pathos_07

pathos_08

pathos_09

pathos_10

pathos_11

pathos_12

pathos_13

pathos_14

pathos_15

Aqui um vídeo bem bacana que mostra o processo criativo do artista e a produção de algumas peças.

Universo Pathos – até 27/07
A7MA: Rua Harmonia, 95 – Vila Madalena
Seg. à sáb. das 11h às 20h – Entrada gratuita

16º Festival do Japão

Eu contei os dias esperando por esse evento! Ok, exagerei… mas que quando saíram as datas do Festival do Japão 2013 eu fiquei toda empolgada, ahh isso foi! hahaha

Pois sim, no fim de semana passado aconteceu a 16ª edição do Festival do Japão. Eu fui ano passado – contei um pouco sobre ele (aqui) – e neste não poderia deixar de ir, programa anual marcado na agenda! O evento continua sendo o maior da América Latina sobre cultura japonesa,  divulgando suas tradições e conhecimentos para as novas gerações.

Este ano o tema foi “Tecnologia e Modernidade”, contou com muitas atrações artísticas, de danças, músicas e a final brasileira do World Cosplay Summit (WCS – Campeonato Mundial de Cosplay). Também tinha áreas recreativas, feirinha de artesanato, workshops e apresentação de taiko e a maravilhosa praça gastronômica (uma das maiores razões pra eu amar esse festival hihihi).

fdj13_01

fdj13_02

fdj13_03

fdj13_04

fdj13_06

fdj13_07

fdj13_08

fdj13_09

fdj13_11

fdj13_12

fdj13_13

fdj13_15

fdj13_16

fdj13_17

fdj13_18

fdj13_19

fdj13_20

fdj13_21

fdj13_23

fdj13_24

fdj13_25

fdj13_26

fdj13_27

fdj13_28

fdj13_29

Já esperando pela 17ª edição! hahahaha

Campos do Jordão (mais)

A cidade é toda linda e a rápida viagem foi muito boa! Aqui vai mais um post geral de coisas que eu vi (e vivi, er) por lá – mas esse, ainda, não é último (:

Como eu contei anteriormente, ficamos na casa de um casal de amigos que moram lá em Campos. O Rapha é jornalista e especialista em estilos de cervejas (sim, esse é seu trabalho), e com ele pudemos aprender mais e experimentar algumas que ainda não conhecíamos. Também aproveitamos que a Sheila é super criativa, não só nas ilustrações mas também na cozinha, e quase não comemos fora de casa. Nada melhor do que um jantar gostoso em volta da lareira seguido de um bom filme embaixo das cobertas! hihi

Fiquei enlouquecida com a quantidade de árvores de folhas avermelhadas, toda vez que via uma eu parava para admirar e fotografar (poderia fazer um book só delas) e, claro, isso acontecia com qualquer coisa bonita que aparecia no meu caminho por lá, hê.

cdjgeral2_01

cdjgeral2_02

cdjgeral2_03

cdjgeral_23

cdjgeral2_04

cdjgeral2_05

cdjgeral2_06

cdjgeral2_07

cdjgeral2_08

cdjgeral2_09

cdjgeral2_10

cdjgeral2_11

cdjgeral2_12

cdjgeral2_13

cdjgeral2_14

cdjgeral2_15

cdjgeral2_16

cdjgeral2_17

cdjgeral2_18

cdjgeral2_19

cdjgeral2_20

cdjgeral2_21

cdjgeral2_22

cdjgeral_20

E, repetindo, já estamos com muitas saudades! ♡

Vila Jaguaribe – Campos do Jordão

Outro bairro que passeamos algumas vezes foi o Vila Jaguaribe, lugar cheio de praças com lindas árvores avermelhadas – coisa mais linda do outono/inverno ♥ – e fábricas de chocolate (opa, assunto para outro post) hmm…

Lá fica o museu Casa da Xilogravura que possui obras de mais de 400 artistas expostas, além de um atelier, oficina de tipografia e biblioteca especializada, mas nada pode ser fotografado, então não será pauta por aqui :/

cdjvermelhas_01

cdjvermelhas_02

cdjvermelhas_03

cdjvermelhas_04

cdjvermelhas_05

cdjvermelhas_06

cdjvermelhas_07

cdjvermelhas_08

cdjvermelhas_09

cdjvermelhas_10

cdjvermelhas_11

cdjvermelhas_12

cdjvermelhas_14

cdjvermelhas_15

cdjvermelhas_16

cdjvermelhas_17

  • camiseta Sheinside
  • jaqueta e mochila Renner
  • legging American Apparel
  • bota Bottero (C&A)
  • óculos Endossa
  • batom Lady Danger – MAC

Teleférico e Morro do Elefante – Campos do Jordão

Para ver toda a cidade de Campos do Jordão “basta” subir o Morro do Elefante… Como? De carro ou de teleférico. Claro que fomos com a segunda opção ;D

A montanha alcança uma altitude de 1.800 metros acima do nível do mar. O nome foi dado devido seu formato, que de longe se assemelha ao contorno de um elefante.

O teleférico fica no Parque de Capivari (na Vila Capivari) e custa R$11,00 (pelo menos no dia em que fomos). Pegamos uma fila grande, mas até que andou rápido – fomos avisados que nos finais de semana enche bastante – e não lembrei de calcular o tempo que leva cada trecho, mas não é muito.

No alto do morro o tempo de permanência é ilimitado. Tem um restaurante e um mirante com algumas barraquinhas vendendo toucas, cachecóis, lembrancinhas… e uma barraca em que você pode alugar cocares para fotografar *-* eu não resisti e peguei logo dois de uma vez hehe (um deles era grande demais pra mim).

cdjmorro_01

cdjmorro_02

cdjmorro_03

cdjmorro_04

cdjmorro_05

cdjmorro_06

cdjmorro_07

cdjmorro_08

cdjmorro_09

cdjmorro_10

cdjmorro_11

cdjmorro_12

cdjmorro_13

cdjmorro_14

cdjmorro_15

cdjmorro_16

Acho que estou pegando gosto pelas alturas hehe

  • vestido Meus 3 pontos (Endossa)
  • casaco e mochila Renner
  • bota Bottero (C&A)
  • chapéu Zara

Estação Emilio Ribas – Campos do Jordão

A Estação Emilio Ribas foi inaugurada em 1924 e fica na Vila Capivari, à 4 Km da antiga Estação Terminal Abernéssia – vila em que ficava o centro comercial de Campos do Jordão.

Os doutores Emilio Ribas e Victor Godinho eram médicos sanitaristas e abriram a ferrovia em 1914, a partir de Pindamonhangaba, para o transporte de doentes respiratórios para o hospital em Campos. Depois de passar por problemas financeiros, o Governo a assumiu como do Estado. Em 1980 passou a ser uma ferrovia apenas de turismo.

A estação é o ponto inicial e final do Bondinho Urbano que percorre as vilas jordanenses de Capivari, Jaguaribe e Abernéssia. Pela estrada de ferro também tem o passeio que vai até Pindamonhangaba, passando por Santo Antônio do Pinhal e Serra da Mantiqueira (nós não fizemos esses passeios, mas eu sei que custam cerca de R$10 o primeiro e R$30 o segundo).

cdjferrovia_01

cdjferrovia_02

cdjferrovia_03

cdjferrovia_04

cdjferrovia_05

cdjferrovia_06

cdjferrovia_07

cdjferrovia_08

cdjferrovia_09

cdjferrovia_10

cdjferrovia_11

cdjferrovia_12

Vila Capivari – Campos do Jordão

A Vila Capivari é um bairro nobre da região central de Campos do Jordão, em que se concentra o pólo turístico da cidade. As construções em estilo colonial e a pureza do clima de montanha são bastante evidentes por lá.

No inverno acontecem vários eventos especiais e a cidade fica cheia de turistas para ver o mix de atrações culturais, com música, gastronomia, apresentações na Praça Central… Tem muitos hotéis, restaurantes e bares lindos (e caros) e lojas especializadas em malhas, chocolates, couro, decoração, artesanato e souvenirs…

No Parque de Capivari tem uma espécie de feirinha, o teleférico – que nos leva ao Morro do Elefante (assunto para outro post) – e os trenzinhos que passeiam pela cidade. Também fica a estação Emilio Ribas, ponto final do Bondinho Urbano e da Estrada de Ferro (também será assunto de outro post).

cdjcapivari_01

cdjcapivari_02

cdjcapivari_03

cdjcapivari_04

cdjcapivari_05

cdjcapivari_06

cdjcapivari_08

cdjcapivari_09

cdjcapivari_10

cdjcapivari_11

cdjcapivari_13

cdjcapivari_14

cdjcapivari_16

cdjcapivari_17

cdjcapivari_18

cdjcapivari_19

cdjcapivari_27

cdjcapivari_24

cdjcapivari_20

cdjcapivari_21

cdjcapivari_22

cdjcapivari_23