Arquivo da tag: HQ

Anime Friends 2017

Falando em Japão~~ mais um Anime Friends chegou – e se foi. No último final de semana, em local inédito, aconteceu a 15ª edição do maior evento de cultura pop japonesa e universo geek e desta vez foi o Transamerica Expo Center, na Zona Sul de São Paulo, que abrigou os fãs de anime, mangá, videogame e cosplay, entre outros.

Foram 3 dias de evento, somando mais de 100 horas de atrações divididas em 5 palcos. Com desfile e concurso de cosplay, Amimekê e Kpop Cover Challenge, feira com exposição e vendas de brinquedos, jogos, acessórios, livros, mangás novos e usados e material autoral, além de palestras e bate-papos com os dubladores brasileiros de Hora da Aventura e com Takumi Tsutsui, o ator que interpreta Jirayia, sim o da série de tokusatsu Jiraiya: O Incrível Ninja.

Também rolaram shows de artistas nacionais, como Bruno Sutter (o Detonator do Massacration) e Raphael Bittencout da banda Angra, que apresentou seu primeiro álbum solo, o “Brainworms I”, uma homenagem às canções que “grudam na cabeça”.

Entre as atrações internacionais rolou T. M. Revolution, Do As Infinity e o grupo idol sul-coreano Blanc7. A banda que eu mais queria ver era Asian Kung-fu Generation, conhecida principalmente por suas músicas de abertura e temas de vários animes (que eu adoro) como Naruto, Bleach e Fullmetal Alchemist. E, claro, vibrei ouvindo ao vivo!

21ª Fest Comix

No fim de semana rolou a 21ª edição do Fest Comix, maior e mais tradicional feira do Brasil para amantes de comics, games, action figures, cosplays, cinema e animações. Lá os fãs podem se reunir com artistas brasileiros e estrangeiros, profissionais dos comics americanos, dos mangas japoneses e mercado europeu, tudo realizado pela Comix Book Shop.

Muitas editoras aproveitam a feira para divulgação de seus lançamentos. As lojas e stands também possuem seus espaços garantidos para vender seus produtos. Mas não é só para quem já está no mercado, os artistas independentes podem divulgar e vender seus trabalhos, seja um livro, uma HQ, ilustração, camisetas… o importante é ampliar o alcance de suas obras.

Além de comprar muitos livros e revistas com descontos, o público ainda pôde conferir exposições, concursos de cosplay e Just Dance, assistir palestras de grandes autores, participar de discussões e ganhar autógrafos!

Da uma olhada no que encontramos por lá:

Gibi Cultura Geek

Esses dias fui com os amigos conhecer o novo bar Gibi Cultura Geek, que, como já diz o nome, é todo dedicado ao ~universo nerd e geek~, o paraíso de quem gosta de tecnologia, ficção científica, quadrinhos e videogames.

Começando pela fachada assinada por Roger Cruz, que já trabalhou para a Marvel, a decoração feita com quadrinhos, videogames, action figures, várias tomadas e wi-fi para quem quiser levar o laptop. Além de um cardápio com muitas cervejas, drinks e hot dogs especiais. Nham!

Como o bar é novo -ainda está na “versão beta”- muitas coisas podem mudar, mas eu já adorei! O atendimento é ótimo e o proprietário Tiago Almeida contou  que estão realizando alguns eventos especiais e ouvindo a opinião do público para que o Gibi não seja só mais um bar, mas um espaço dedicado à cultura geek em todos os seus aspectos.

GIBI_01

GIBI_02

GIBI_03

GIBI_04

GIBI_05

GIBI_06

GIBI_07

GIBI_08

GIBI_09

GIBI_10

GIBI_11

GIBI_12

GIBI_13

GIBI_14

GIBI_15

GIBI_16

GIBI_17

GIBI_18

GIBI_19

GIBI_20

GIBI_21

GIBI: Rua Major Maragliano, 364 – Vila Mariana – São Paulo, SP
Ter. a sáb. das 17h às 23h
Telefone: (11) 5084-1165

Galeria do Rock

Construído em 1963 por Alfredo Mathias (arquiteto que projetou o Shopping Iguatemi, entre outros edifícios pelo Brasil), o Shopping Center Grandes Galerias era um edifício comercial onde se concentravam salões de beleza, lojas de serigrafia e assistências técnicas dos aparelhos eletrônicos da época.

Na década de 70 muitas lojas de discos começaram a se instalar e, com a grande quantidade de roqueiros frequentadores, o prédio foi apelidado de Galeria do Rock. Atualmente o rock’n’roll ainda ocupa a maior parte, mas a cultura de rua também tem seu espaço. No térreo e no subsolo o que “toma conta” é o hip hop, com diversas lojas de discos de rap, roupas para b-boys e b-girls (breakdancers) e produtos para graffiti, entre outros.

Andando por lá você nota que o público é bem variado, tem gente de todas as idades e todos os estilos para diferentes lojas de roupas, acessórios, discos, sapatos, lanchonetes, produtos de beleza, estúdios de tatuagem e piercing… tem de tudo mesmo!

As lojas de serigrafia continuam nos últimos andares (dos quatro mais o subsolo que possui a galeria). E qualquer dúvida sobre o local pode ser tirada com Antonio de Souza Neto, conhecido como Toninho da Galeria, que é quem administra o edifício.

Fotos: Marilia Sestari (não pude fotografar todas as vitrines que eu queria porque muitas lojas não deixavam)

Shopping Center Grandes Galerias: Rua 24 de Maio, 62 – Centro – SP