Arquivo da tag: FIESP

FILE 2017 – O borbulhar de universos

Ao entrar na galeria de arte demos de cara com enormes bolhas de sabão passeando pelo ambiente e feitas por sons de três buzinas. É a Black Hole Horizon, primeira obra que vemos na 18ª edição do Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (FILE) e que transforma o som em objetos tridimensionais mantendo o espaço em constante transformação.

Este ano o FILE tem como tema “O borbulhar de universos” e convida os visitantes a experimentar e refletir sobre novos e antigos conceitos, não apenas com os olhos, mas com todos os sentidos, em universos borbulhando em cores, sons e texturas. São 360 obras, produzidos por 339 artistas estrangeiros e 18 brasileiros, entre elas estão instalações interativas, jogos eletrônicos, animações, projeções, gifs, vídeos e sonoridades eletrônicas.

Uma das que mais chamam atenção e forma fila para experimentar é a Physical Mind, que explora realmente a relação entre o físico e o mental do participante. A pessoa deita entre dois objetos infláveis, é erguida e comprimida suavemente entre as curvas dos dois objetos, assim a obra explora a dualidade entre o desconforto e estresse gerado pela instabilidade inicial e o conforto e sensação de acolhimento provocado pelo contato com os infláveis.

Com tantas redes e tantas informações, estamos todos envolvidos em um fluxo incessante de conceitos, imagens, opiniões e desejos. Estamos inflando e a qualquer momento podemos explodir. Estamos borbulhando! Os mundos e tendências são infinitos, o universo ficou pequeno diante do multiverso. É o borbulhar de universos. Aproveite, o FILE sempre vale a visita ;]

FILE 2017 – até 03/09
Centro Cultural FIESP: Av. Paulista, 1313
Todos os dias, das 10h às 20h – Entrada gratuita

FILE 2016

Não é a primeira vez (nem será a última!) que eu falo do FILE aqui no blog. O Festival Internacional de Linguagem Eletrônica está cada vez mais incrível, a chamada dessa edição é “venha passar do limite”, como um convite para “destrancar a porta dos sentidos”.

Uma mistura de arte eletrônica com arte contemporânea que driblam os limites estéticos e combinam o espaço real com o espaço virtual, no design, no game, na animação e na arte. A interação e contemplação das obras ampliam nossa mente e fazem com que nossa imaginação vá além de seu limite. Demais!

Enquanto visitei a exposição pude constar que as instalações mais concorridas são a The Indivisible [Prototype nº 1], um mural digital super colorido que todos querem fotografar, e a Tape São Paulo, uma espécie de túnel em formato orgânico feito com fitas adesivas em que o público pode passear por dentro dele, mas eu não consegui ir porque fechou antes, então só fotografei por fora ):

FILE 2016 – até 28/08
Centro Cultural FIESP: Av. Paulista, 1313
Todos os dias, das 10h às 20h – Entrada gratuita

FILE 2014

Esta é uma edição comemorativa para o Festival Internacional de Linguagem Eletrônica – FILE, pois é sua 15ª edição e, assim, se consolida como principal evento de arte e tecnologia do Brasil. Realizado desde 2000, o FILE visa disseminar e desenvolver novas formas de expressão artística, tecnologia e pesquisa científica.

São instalações interativas, performances, games, animações, videoarte, maquinemas e, especialmente nesta edição, uma seleção de obras de artistas japoneses em parceria com o Japan Media Arts Festival. Tudo muito bacana e vale conferir de perto ;]

FILE 2014 – até 5/10
Centro Cultural FIESP: Av. Paulista, 1313
Seg. 11h às 20h; ter. à sáb. 10h às 20h; dom. 10h às 19h – Entrada gratuita

FILE 2013

Por motivos de muito trabalho (isso não é uma reclamação) tenho andado ausente por aqui e pela blogosfera em geral, mas voltei com um post que não poderia faltar: FILE 2013 !

Sim, o Festival Internacional de Linguagem Eletrônica chegou à sua 14ª edição e já  está acontecendo em São Paulo. Sempre representando conexões entre a arte e a tecnologia, o FILE SP 2013 tem uma grande variedade de obras: instalações interativas, animações, games, aplicativos para tablet, experiências sonoras, videoarte, entre outros.

Como já é de praxe por aqui, vim mostrar algumas instalações que estão na expo. E quem puder vá conferir de pertinho que sempre vale a pena ;]

file13_01

file13_02

file13_03

file13_04

file13_05

file13_06

file13_07

file13_08

file13_09

file13_10

file13_11

file13_12

file13_13

file13_14

file13_15

FILE 2013 – até 1/09
Centro Cultural FIESP: Av. Paulista, 1313
Seg. 11h às 20h; ter. à sáb. 10h às 20h; dom. 10h às 19h – Entrada gratuita

SP Urban Digital Festival

O prédio da FIESP, na Av. Paulista, transformou sua fachada em uma galeria digital. É a SP Urban Digital Festival, que começou nessa segunda-feira às 20h com abertura do VJ paulistano Spetto e sua obra Inter Freak Quência, e junta, de forma inovadora, arquitetura, design e informação – como nos projetos de Media Facade.

Não, o projeto não tem qualquer relação com os adornos natalinos que já estão espalhados pela avenida. É um imenso painel luminoso moldado à face frontal do prédio (formado por 26.241 “clusters”, cada um deles com quatro lâmpadas de LED) com imagens criadas por artistas nacionais e estrangeiros.

Até o dia 31 de dezembro, além do VJ Spetto (BR), ainda poderão ser vistas obras dos artistas Antoine Schmitt (França), Esteban Gutierrez (Colômbia), Mar Canet & Varvara Guljajeva (Espanha/Estônia) e coletivos BijaRi (BR) e Goma Oficina (BR).

Paralelamente à exposição, ocorrem oficinas, palestras e discussões sobre a arte digital, arquitetura, a cidade e muito mais. No site vocês podem se informar melhor e se inscrever para participar.

IMG_9578

IMG_9579

IMG_9582

IMG_9584

IMG_9585 2

IMG_9606

IMG_9598 2

IMG_9595

IMG_9592 2

IMG_9590

IMG_9588

IMG_9587

IMG_9612

IMG_9608

SP_Urban Digital Festival: SESI/FIESP – Avenida Paulista, 1.313
Todos os dias, das 20h às 6h – até o fim de 2012! – Grátis

~~Obrigada Jéssica Carls por ter me avisado ;*

FILE 2012

Sim, chegou aquela época do ano que São Paulo recebe a FILE (Feira Internacional de Linguagem Eletrônica), que já está em sua 13ª edição e nos traz a boa e velha mistura de arte com tecnologia e tecnologia com arte. Todo ano eu vou e esse não seria diferente…

A expo mantém seu propósito de fazer “arte pública”, para que todos tenham acesso à arte eletrônica/digital no seu cotidiano. São instalações interativas e contemplativas, jogos, vídeos, simpósios e workshops, entre outras coisas.

Eu já fui conferir tudo de perto, interagir, apreciar e, dessa vez, até ler mangá. Pra quem não pode ir, fica aqui alguns registros… claro que não é a mesma coisa, mas espero que gostem (:

FILE 2012 – até 19/08
Galeria do SESI – Centro Cultural FIESP: Av. Paulista, 1313
Seg. 11h às 20h; ter. à sáb. 10h às 20h; dom. 10h às 19h – Entrada gratuita

FILE 2011

Já vai fazer um ano que falei aqui do FILE (Festival Internacional de linguagem Eletrônica) e nessa edição o “processo” continua o mesmo: arte e tecnologia se misturam e podemos interagir e imergir com as obras trazidas do mundo todo. São instalações, vídeos, animações, jogos e web.

Com o ideal de que todos tenham acesso à arte digital/eletrônica, a exposição é gratuita e também conta com performances, workshops e simpósios.

Este ano fiquei contente de poder fotografar, mas confesso que não estava preparada (depois de ouvir “nãos” por anos). E quem puder vá acompanhado, pois é mais divertido “brincar” com alguém ;]

FILE 2011 – até 21/08
Galeria do SESI – Centro Cultural FIESP: Av. Paulista, 1313
Seg. 11h às 20h; ter. à sáb. 10h às 20h; dom. 10h às 19h – Entrada gratuita