Arquivo da tag: Design

FILE 2017 – O borbulhar de universos

Ao entrar na galeria de arte demos de cara com enormes bolhas de sabão passeando pelo ambiente e feitas por sons de três buzinas. É a Black Hole Horizon, primeira obra que vemos na 18ª edição do Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (FILE) e que transforma o som em objetos tridimensionais mantendo o espaço em constante transformação.

Este ano o FILE tem como tema “O borbulhar de universos” e convida os visitantes a experimentar e refletir sobre novos e antigos conceitos, não apenas com os olhos, mas com todos os sentidos, em universos borbulhando em cores, sons e texturas. São 360 obras, produzidos por 339 artistas estrangeiros e 18 brasileiros, entre elas estão instalações interativas, jogos eletrônicos, animações, projeções, gifs, vídeos e sonoridades eletrônicas.

Uma das que mais chamam atenção e forma fila para experimentar é a Physical Mind, que explora realmente a relação entre o físico e o mental do participante. A pessoa deita entre dois objetos infláveis, é erguida e comprimida suavemente entre as curvas dos dois objetos, assim a obra explora a dualidade entre o desconforto e estresse gerado pela instabilidade inicial e o conforto e sensação de acolhimento provocado pelo contato com os infláveis.

Com tantas redes e tantas informações, estamos todos envolvidos em um fluxo incessante de conceitos, imagens, opiniões e desejos. Estamos inflando e a qualquer momento podemos explodir. Estamos borbulhando! Os mundos e tendências são infinitos, o universo ficou pequeno diante do multiverso. É o borbulhar de universos. Aproveite, o FILE sempre vale a visita ;]

FILE 2017 – até 03/09
Centro Cultural FIESP: Av. Paulista, 1313
Todos os dias, das 10h às 20h – Entrada gratuita

Eeveelutions as Goddesses

A canadense Nikkie Stinchcombe fez sua tese da faculdade de Artes sobre as mulheres da mitologia, mais precisamente sobre a figura da deusa e sua representação e simbolismo em culturas antigas. Mantendo a mesma base, passou a ilustrar e a “endeusar” referências do mundo pop, se inspirando em vídeo-games, quadrinhos, pin-up, moda, art déco e burlesco.

Lembrando um pouco os croquis de alta costura, Nikkie fez uma releitura das evoluções do pokémon Eevee, o único com 8 possibilidades de evolução (mesmo que a escolha seja feita pelo seu treinador e não pelo próprio pokemonzinho).

Na ordem: Eevee, Vaporeon, Jolteon, Flareon, Umbreon e Espeon juntos, Leafeon, Glaceon e Sylveon. Veja mais trabalhos da ilustradora em seu site.

FILE 2016

Não é a primeira vez (nem será a última!) que eu falo do FILE aqui no blog. O Festival Internacional de Linguagem Eletrônica está cada vez mais incrível, a chamada dessa edição é “venha passar do limite”, como um convite para “destrancar a porta dos sentidos”.

Uma mistura de arte eletrônica com arte contemporânea que driblam os limites estéticos e combinam o espaço real com o espaço virtual, no design, no game, na animação e na arte. A interação e contemplação das obras ampliam nossa mente e fazem com que nossa imaginação vá além de seu limite. Demais!

Enquanto visitei a exposição pude constar que as instalações mais concorridas são a The Indivisible [Prototype nº 1], um mural digital super colorido que todos querem fotografar, e a Tape São Paulo, uma espécie de túnel em formato orgânico feito com fitas adesivas em que o público pode passear por dentro dele, mas eu não consegui ir porque fechou antes, então só fotografei por fora ):

FILE 2016 – até 28/08
Centro Cultural FIESP: Av. Paulista, 1313
Todos os dias, das 10h às 20h – Entrada gratuita

Pantone Universe Footwear

A Pantone acredita que as cores tem significados e que cada cor causa um impacto no mundo. Em nossas vidas elas interferem tanto nas emoções quanto nas decisões, especialmente nas escolhas das nossas roupas e sapatos. Pensando nisso e em comemoração à chegada da época das flores no hemisfério norte, a Pantone Universe lançou uma coleção cápsula de footwear para Primavera/Verão 2016.

São vários modelos de tênis e sandálias atemporais e unissex combinados a tons sazonais, para todos os gostos! E o lookbook da campanha é lindo, acabei babando ainda mais hehehe!

Os modelos estão à venda no site HBX e entrega no Brasil (:

Let Color Rules!

Arte Moderna Retrô

Quando eu e o Psy nos mudamos (omg, já vai fazer um ano!!) demoramos pra decidir sobre a decoração do nosso apartamento – muitas coisas ainda não foram feitas e outras nós já alteramos várias vezes. Mas desde o início eu queria um aparador com espelho na sala.

Muito se passou e eu descobri a Arte Moderna Retrô, uma loja de venda e aluguel de móveis retrô. São criados-mudos, cômodas, estantes, penteadeiras, cristaleiras e muito mais, a pronta entrega ou sob encomenda, podendo escolher diferentes cores. A loja também possui muitos acessórios de decoração incríveis!

Adoramos a ideia de misturar o estilo clássico com cores contemporâneas e finalmente escolhemos nosso aparador ♡ E como a loja é uma graça, achei que poderia ser uma dica preciosa por aqui. Que tal?

Arte Moderna Retrô: Rua Joaquim Távora, 1629 – Vila Mariana – SP
2609-4108 / 3105-3340
Segunda à sexta das 9h às 19h30; sábado das 9h às 20h

FILE 2014

Esta é uma edição comemorativa para o Festival Internacional de Linguagem Eletrônica – FILE, pois é sua 15ª edição e, assim, se consolida como principal evento de arte e tecnologia do Brasil. Realizado desde 2000, o FILE visa disseminar e desenvolver novas formas de expressão artística, tecnologia e pesquisa científica.

São instalações interativas, performances, games, animações, videoarte, maquinemas e, especialmente nesta edição, uma seleção de obras de artistas japoneses em parceria com o Japan Media Arts Festival. Tudo muito bacana e vale conferir de perto ;]

FILE 2014 – até 5/10
Centro Cultural FIESP: Av. Paulista, 1313
Seg. 11h às 20h; ter. à sáb. 10h às 20h; dom. 10h às 19h – Entrada gratuita

Cloud

Desenvolvido pelo designer Richard Clarkson, Cloud é uma luminária interativa em formato de nuvem que simula uma tempestade a partir de um controle remoto ou sensores de movimento.

Sua aparência é super real e os sensores de movimento detectam a presença do usuário e cria relâmpagos e trovões com luzes que mudam de cor. Também possui sistema de alto-falante no qual o usuário pode fazer streaming de música através de dispositivos compatíveis com Bluetooth.

cloud-1

cloud-2

cloud-3

No vídeo abaixo é possível ver seu funcionamento. Incrível de linda!

☁ ☁ ☁

A Cloud custa US$ 3.360,00 (ouch!) na loja online do estúdio.

Jardim Secreto na Casa Bartira

No último fim de semana (de sexta a domingo) rolou a 4ª edição do Jardim Secreto, uma feira de arte e moda que propõe a busca de um frescor, um oásis por entre o concreto dessa cidade tão cinza: a busca pelos jardins escondidos por São Paulo.

Durante os três dias o evento esteve na Casa Bartira, um empório de cervejas artesanais e espaço cultural que fica em Perdizes, e contou com delícias mexicanas, sangria espanhola, oficina de terrários e arranjos, sessão de tatuagens flash com Adriana Marto e Rodrigo Ribeiro, bazar e feirinha  com decoração, roupas e acessórios de marcas lindas como Tramp Gramma, Philadelphia Co., Wild Style e Conta Gota, entre outras.

jardim_secreto_bartira_01

jardim_secreto_bartira_02

jardim_secreto_bartira_03

jardim_secreto_bartira_04

jardim_secreto_bartira_05

jardim_secreto_bartira_06

jardim_secreto_bartira_07

jardim_secreto_bartira_09

jardim_secreto_bartira_10

jardim_secreto_bartira_11

jardim_secreto_bartira_12

jardim_secreto_bartira_13

jardim_secreto_bartira_14

jardim_secreto_bartira_15

jardim_secreto_bartira_16

jardim_secreto_bartira_17

jardim_secreto_bartira_18

jardim_secreto_bartira_19

E já aguardamos ansiosamente pelo próximo!

Yayoi Kusama: Obsessão Infinita

Depois de passar pelo Rio de Janeiro e Brasília, a exposição “Yayoi Kusama: Obsessão Infinita” chegou em São Paulo, com aproximadamente cem obras – realizadas entre 1949 a 2012 – e traça toda a trajetória da artista do privado ao público, do ateliê às ruas…

Yayoi Kusama é uma artista japonesa de 85 anos, uma das mais significativas da contemporaneidade, e famosa principalmente por suas obras com bolinhas coloridas. Desde 1977 Yayoi mora em um hospital psiquiátrico de Tóquio, pois sofre alucinações desde a adolescência, sendo uma delas permanente: ver o mundo sempre coberto por bolinhas.

Na mostra vemos pinturas, fotografias, cartas e documentos e muitas instalações, como: “Fireflies on the Water”, uma sala toda espelhada e cheia de lâmpadas penduradas que piscam e mudam de cor (mostrei no Instagram), incrível!; Infinity Mirror Room – Phalli’s Field, uma sala espelhada com tecidos estufados com estampa de bolinhas pelo chão e em formas fálicas, um dos exemplos da sua “obsessão sexual”; “Dots Obsession”, são gigantes esferas suspensas e cheias de bolinhas.

Fui com a Oppa conferir tudo ontem, na abertura da exposição… e por que com a Oppa? Porque os produtos da marca são suportes para duas das instalações mais concorridas, a “I’m here, but nothing” (um espaço que imita uma casa, com luz negra e bolinhas coloridas projetadas) e a “Obliteration Room” (interativa, também imita uma casa, toda branca – como uma tela – em que os visitantes ganham adesivos de bolinhas coloridas para colarem onde quiserem e fica em constante mutação até o final da exposição). Demais!

yayoi_kusama_01

yayoi_kusama_02

yayoi_kusama_03

yayoi_kusama_04

yayoi_kusama_05

yayoi_kusama_06

yayoi_kusama_07

yayoi_kusama_08

yayoi_kusama_09

yayoi_kusama_10

yayoi_kusama_11

yayoi_kusama_12

yayoi_kusama_13

yayoi_kusama_14

yayoi_kusama_15

yayoi_kusama_16

yayoi_kusama_17

yayoi_kusama_18

yayoi_kusama_19

yayoi_kusama_20

yayoi_kusama_21

Instituto Tomie Ohtake: Avenida Faria Lima, 201
(Entrada pela Rua dos Coropés) – Pinheiros
Até 27/julho – ter. a dom., das 11h às 20h – entrada franca

Augusta Arts

Inaugurou dia 1 de maio a Augusta Arts, uma nova galeria que une em um único espaço o que há de mais novo em moda, acessórios, gastronomia, design e handcraft, claro, na Rua Augusta. E eu fui a convite da loja Mustache S/A visitar o espaço em sua estréia com coquetel e showzinho, uiuiui ;D

O lugar é lindo, os frequentadores podem encontrar marcas já famosas pela região e muitas novas que estão se lançando no mercado. Como a própria Mustache S/A, que já tinha sua loja online, agora está na Augusta Arts com suas lindas peças de inverno criadas pelas amigas Mayara, Thalita e Mariana. Obrigada pelo convite meninas, adorei!

Também conheci a Colorado, marca de eyewear que já tem quatro anos, experimentei alguns modelos e achei tudo ótimo, lindo e resistente! A marca feminina A Amoreira também me encantou, a Vivi, dona e estilista, contou que estava estreando e que as peças são super exclusivas!

A Monstro Coisa foi a que mais me deixou babando por motivos de: sou louca por monstrinhos de pelúcia!! As bonecas eram super charmosas e tinha até luminária-monstro ❤ Já a Bendita Augusta não era estreante, mas é tão amada quanto as anteriores. Suas camisetas são lindas e já fazem um super sucesso pelas bandas da Avenida Paulista.

Ah, e além das compras a galera pode tomar uns drinks, encontrar os amigos e apreciar arte – estava rolando uma mini exposição do INNER multi.gallery, com obras dos artistas XguiX, Hélio Marquess (Banais), Rafael Shine e Leiga.

AugustaArts_01

AugustaArts_02

AugustaArts_03

AugustaArts_04

AugustaArts_05

AugustaArts_07

AugustaArts_08

AugustaArts_09

AugustaArts_10

AugustaArts_11

AugustaArts_12

AugustaArts_14

AugustaArts_15

AugustaArts_17

AugustaArts_19

AugustaArts_20

AugustaArts_21

AugustaArts_22

AugustaArts_23

AugustaArts_24

AugustaArts_25

AugustaArts_26

Post loooongo para mostrar o máximo ;D

Augusta Arts: Rua Augusta, 1283 – Consolação – SP