Arquivo da tag: comidinhas

Japão – Osaka III: Castelo de Osaka

Localizado em Chūō-ku, bem no centro de Osaka, está um dos castelos mais importantes do Japão: o Castelo de Osaka (Ōsaka-jō).

Ele fica dentro do Parque Público do Castelo de Osaka (Ōsaka-jō Kōen), foi erguido em 1598 sobre muralhas de pedra, cercado por um fosso inundado para proteger os seus ocupantes dos ataques que poderiam vir do exterior, semelhante aos castelos europeus.

Devido a diversos conflitos o castelo foi muitas vezes danificado e restaurado. Na Segunda Guerra Mundial (1945) Osaka teve muitos bombardeios e acabou danificando a torre principal. A última restauração foi concluída em 1997 e atualmente o castelo é uma réplica do original, mas apenas na parte externa. Dentro abriga um museu e um deck observatório, mas nós não fomos, então não posso dizer muito.

Preferimos passear pelo parque, que é muito lindo! Aproveitamos o clima bom, contemplamos a paisagem e saboreamos as comidinhas ;D

★ 大阪城 ★

Japão – Osaka II: Dotonbori

Ahh, Dotonbori, sem dúvida um dos lugares mais fascinantes do Japão! Principalmente pra quem ama culinária japonesa e/ou um exagero asiático, a região é perfeita!

Fomos lá duas vezes e eu sinto que ainda não aproveitamos 100%. Na primeira durante a noite, pudemos ver bem as fabulosas luzes das propagandas e fachadas super enfeitadas dos estabelecimentos. Contemplamos o Rio Dotonbori, o famoso Glico Sign (um luminoso gigante que tem um homem correndo com os braços para cima), assistimos um pouco de um show de girl band que estava rolando e beliscamos takoiyaki (bolinho com pedaços de polvo – aprox. R$ 20,00 porção com 8) e taiyaki (uma espécie de waffle com formato de peixe recheado – R$ 6,00) sabor azuki e sabor chocolate.

No meio de toda poluição sonora e visual, vimos muitas versões de um homem com roupa e chapéu listrados, eram brinquedos, docinhos, bebidas e adesivos, entre outras coisas. Trata-se do Kuidaore Taro Dotonbori, um famoso palhaço que tocava tambor e atraía as pessoas para seu restaurante na década de 50, acabou virando uma espécie de mascote de Dotonbori e é famoso até hoje! Eu trouxe um ímã dele, mostrei no post de comprinhas.

Na segunda vez fomos para almoçar e paramos no restaurante Dohton Bori (poisé) de okonomiyaki (é tipo “o que você quiser frito” – uma espécie de omelete ou panqueca de vários sabores, frita em uma chapa). O restaurante é pequeno e bem tradicional, daqueles que temos que preparar sozinhas o que vamos comer, coisa que definitivamente não conseguimos hahahaha! Mas os garçons nos ajudaram e pudemos comer três maravilhosos sabores: Mix, 4 Cheese e Hiroshima Yaki por aproximadamente R$ 75,00 (divido por 4: R$ 18,75 cada)

Já que estávamos de pancinhas cheias, preferimos maneirar na sobremesa e optamos por ir na Baskin Robbins, sorveteria de origem Americana (é uma rede bastante famosa), e não resistimos aos sorvetes enfeitados de bichinhos! Também aproveitamos para experimentar o sabor de sakura, que é muito bom!

Hmm, que fominha!

★ 道頓堀 ★

Japão – Osaka I: Otakice e Dragão

Osaka é uma cidade fabulosa, é a terceira cidade mais populosa do Japão e muito movimentada, iluminada, famosa por sua culinária tradicional e com grandes centros comerciais. Mesmo com chuva e céu nublado na maior parte dos dias, aproveitamos ao máximo!

Foi lá que tirei minha primeira purikura (foto instantânea de cabine) e visitei a primeira Animate da viagem (uma famosa rede de lojas, especializada em materiais relacionados a mangás e animes). Passamos horas em livrarias e lojas de bonecos (em Osaka achamos uma enorme variedade de seminovos com preços baixos *-*), experimentamos hambúrguer de camarão e continuamos na emoção ao encontrar tantas sakuras pelo caminho… Boas lembranças!

Alugamos um apartamento próximo do Yodo River e da nossa janela podíamos ver o distrito de Umeda, que fica há 30 minutos de caminhada por uma enorme ponte. Mas o que eu mais amei foi a região de Namba, onde fica o famoso rio Dotonbori, a Denden Town (Nipponbashi), área que tem muitas lojas gigantescas de eletrônicos de todos os tipos! E também onde encontramos muitas mais lojas de games, action figures (bonecos ♥), mangás e animes ^^v

Também em Namba visitamos o templo que tem o altar de cabeça de dragão, que mede 12 m de altura por 7 m de largura, é o Namba Yasaka Shrine. Vimos muitos templos entre as casas e comércios, mas nenhum tão diferentão como esse.

Decidi separar Osaka em vários posts porque, minha nossa, são muitas fotos! Aguardem ;D

♡ 大坂 ♡

Japão – Osaka: Gudetama Café

Antes de ir para o Japão a gente já sabia que teriam muitos cafés  e restaurantes temáticos e que o acesso a eles não seria tão fácil, muitos só atendem por senha, formam filas quilométricas, precisa agendar horário por telefone etc. Então resolvemos seguir nossos roteiros e deixar que esses cafés e restaurantes surgissem no nosso caminho. Foi exatamente assim com o Gudetama Café!

Para quem não conhece, Gudetama é um ovinho bem preguiçoso (gude=preguiçoso / tamago=ovo) que adora ficar deitado com seu cobertor de bacon ou se espreguiçando em sua clara. Parece absurdo, né? hahaha pois é uma animação de origem japonesa da marca Sanrio (a mesma da Hello Kitty) e é possível assistir suas ~aventuras~ com legenda no Youtube: Gudetama Brasil.

Enquanto procurávamos um determinado local, paramos para pedir informação no shopping Hep Five e olhando o mapa de lojas nos deparamos com ele! Fomos correndo até a porta para ver se valia a pena pegar fila e: SURPRESA! Não tinha fila e não precisava marcar hora, fomos bem recebidas, sentamos e surtamos! hahahaha!!

Estávamos com pouca fome e rolava um medo de não gostar da comida, então pedimos pratos que pudéssemos dividir. Começamos com Gude White Curry (R$  27,00*), na sobremesa pedimos Amayakashite Castella Anmitsu (R$  30,00*) e finalizamos com um Gudetama Mont Blanc Pudding (R$  18,00*) e um latte (R$  15,00*). Foi um sofrimento comer comidas tão bonitinhas, olha a carinha dele socorroooooo!! Mas estava tudo gostosinho.

O espaço do restaurante é uma gracinha, adorei as cadeiras com formato de ovo! Tinha uma TV passando alguns episódios e toda hora tocava a musiquinha de encerramento (que agora, mais uma vez, não sai da minha cabeça).

* Os preços estão com valor aproximado na cotação atual e sem taxa.

É válido avisar que estávamos ali pagando pela marca, a comida não era ruim, mas é possível comer coisas de sabor parecido – ou melhor – pagando muito menos. Só que nós amamos esse ovo preguiçoso e ficamos felizes mesmo!

♡ ぐでたま ♡

Gudetama Cafe | ぐでたまかふぇ: HEP FIVE – 7º andar
5-15 Kakuda-cho, Kita-ku, Osaka-shi, Osaka

Japão – Nara: veados e o melhor karê do mundo

Assim que pisamos fora da estação de Nara: CHUVA !! Era dia de parque, poxa vida, a chuva ia estragar o nosso passeio! Ainda mais que antes de sair de casa verificamos o clima, foi 1 hora de trem de Osaka até lá, mas com o tempo ruim só nos restava chorar… Fomos tapeadas! #drama

Sem muita opção #drama2, entramos em um Chococro (uma rede de cafeteria) e MANODOCÉU QUE DELÍCIA! O café, o belgium chocolate cocoa e o wafle, tudo muito bom! Comemos e esperamos… Ao sair de lá, surpresa: SOL! Ok, obrigada chuva pelo café maravilhoso e, agora sim, podemos seguir nosso roteiro!

Não andamos muito pela cidade, basicamente traçamos uma linha reta da estação até o nosso objetivo: ver os cervos shika, que andam livremente por lá. Passamos por alguns templos e seguimos até o Nara Park, um espaço enorme e realmente cheeeeio de veados (cervos), que estavam bem tranquilos, o que nos deixou muito felizes porque odiamos humanos estressando bichinhos (ouvimos rumores de que eles podem atacar as pessoas, mas não vimos nada do tipo) !

Na volta do parque passeamos pelas lojinhas de souvenirs (ímãs ♥), fomos em um owl cafe (sim, de corujas!! aguardem o post hihihi) e aproveitamos para ~almojantar~ O MELHOR KARÊ DO MUNDO !

Eu não era muito fã de karê (curry), até comer este! A dica do restaurante veio de uma amiga das minhas amigas e resolvemos seguir. O restaurante é o Wakakusa Curry (若草カレー本舗), pequenininho, fica dentro de uma galeria. Pedimos o hashed beef with rice e o baked curry and rice (+- R$  25,00 cada) e foram os melhores pratos que poderíamos ter comido! Sério, eu não sei como descrever, só de lembrar fico com água na boca hahaha! Então fica a dica para quem estiver indo para Nara ;D

♡ 奈良市 ♡

Japão – Tokyo: Parque Ueno e as sakuras

Nosso primeiro e tão aguardado passeio foi para ver as flores de cerejeira (sakuras) no Ueno Kōen (Parque Ueno). Quando chegamos e vimos tudo rosinha foi emocionante demais!! Tinha sakuras de vários tipos e cores, foi a a primeira vez que vi as vermelhas… lindas!

O parque é um dos mais populares de todo Japão, fica no distrito de Ueno do bairro de Taito, Tóquio. O acesso é super rápido, pois está bem em frente a Ueno Station. Foi fundado em 1873, abriga alguns templos budistas e grandes museus, além de um zoológico. É enorme! Possui mais de 8mil árvores e cerca de 800 árvores de cerejeira.

No dia em que fomos tinha feirinha com comidas e estava bem cheio. O sol sumiu rápido e fazia muito frio, mas passamos o dia lá contemplando as flores que tanto sonhamos ver em seu país de origem ♥ Fotografei um monte e ainda fiz um videozinho (bem amador) para mostrar o máximo aqui pra vocês. Preparados pra chuva de fotos? :D

Voltamos neste mesmo parque depois de quase 20 dias e já não tinha mais sakuras. O tempo de vida delas é muito curto e demos muita sorte de conseguir ver tudo no auge do florescimento, pois poucos dias, antes ou depois, faria toda a diferença!

🌸 🌸 🌸 🌸 🌸

Então é Natal

Na verdade já foi hehehe

Curtiram bastante o de vocês? O meu foi toda aquela delícia com comidinhas e amor em família E para mostrar aqui os meus presentes lindos, fiz um gif rapidinho ;D

.¸ ¸.*☆*FLZ NTL*☆*.¸ ¸.

Nico Hamburgueria

Eu já mostrei aqui no bloguinho uma hamburgueria “de época” com tema de anos 50 e 60. E agora vou mostrar outra que tem a decoração um pouco mais nostálgica para mim (e acredito que para vocês também).

A Nico Hamburgueria é enorme, tem dois salões na parte de baixo, um salão no andar de cima e área externa e é toda decorada com objetos de época, especialmente brinquedos. Anos 60, 70, 80, 90 e alguns 2000, parecia até que estava fuçando o porão da minha avó… Impossível não encontrar nada que não te faça sentir saudades da infância.

Os lanches também tem nomes de personagens nostálgicos. Eu comi o Smurfs (hambúrguer de picanha, pasta de gorgonzola e onion rings no pão crocante) e adorei! A batatinha frita xadrez com maionese da casa é uma delícia e todo mundo saiu satisfeito com os pedidos. Único defeito unânime: o atendimento… Fomos em um horário que a casa estava vazia e, ainda assim, demorou bastante para sermos atendidos, para chegarem os pedidos e até a conta. Minha sugestão: vá sem pressa e curta o ambiente.














Nico Hamburgueria: Rua Cisplatina, 31 – Ipiranga – São Paulo – SP
Tel.: 2062-8000
De ter. a qui. das 18h às 00h; sex. das 12h às 15h e das 18:30 à 1h
Sáb. das 12h à 1h e Dom. das 12h às 00h

Vestidos de comida

Conhecido por suas ilustrações de moda interativas, o armênio Edgar Artis usa diferentes materiais e coisas reais para compor suas criações, entre eles: comida!

São frutas, doces, grãos, sementes e até cebola, carne e macarrão (!) que dão continuidade aos seus traços, criando texturas incríveis para seus vestidos.

#rapidinhas

MMM na Vila Butantan

O Mercado Mundo Mix está com um novo conceito de interação pelos bairros e o espaço Vila Butantan foi o escolhido para iniciar o projeto “Mundo Mix Vai Até Você”. Como sou fã de carteirinha, fui dar uma passeada por lá no fim de semana e a feira hype mais famosa desde os anos 90 continua com muitas marcas lindas de roupas, acessórios, calçados e decoração, além de música e tatuagens.

Também na Vila Butantan estão ótimos food trucks para integrar o trio moda, entretenimento e gastronomia. Recomendo o hamburguer de feijão com queijo brie e cebola caramelizada no rum do UBÁ e o ceviche do Ceviches A Comer. Para sobremesa o canoli da Olha Isso – maravilhoso!

O MMM foi só no fim de semana, mas a Vila Butantan continua aberta com suas lojas fixas. E os food trucks ficarão por lá até o final de agosto.

Vila Butantan: Rua Agostinho Cantu, 47 – Butantã – São Paulo – SP