Arquivo da tag: Bottero

Casal que se veste igual

Vem chegando o dia dos namorados, então aqui vai um ~lookzinho~ de casal ♥

Curiosidade: no Japão eu vi que muitas pessoas, amigos e casais, se vestem iguais. Aqui no Brasil isso parece meio que um pesadelo, mas lá é ~cool~, eles combinam mesmo e, pessoalmente, eu até acho legal! haha

Combinando o look ou não, eu e o Psy temos alguns gostos bem similares e não é sempre que saímos “parecidos”… mas as vezes acontece, como neste dia em que os dois estavam com camiseta cinza com estampa de Dragon Ball, parte de baixo preta e jaqueta jeans, hihihi

Psy

  • jaqueta H&M
  • camiseta GU
  • Calça Renner
  • tênis New Balance

Eu

  • jaqueta Vintage
  • camiseta e bolsa GU
  • saia Forever 21
  • meia-calça Lupo
  • meia lurex Wego
  • bota Bottero

Jaqueta florida

O inverno chegou, mas nós paulistanos nem precisamos esperar muito por ele para tirarmos nossos casacos do armário. Já tem uns dias que o sol da tarde bate no rosto e dá aquela sensação de conforto, mas a sombra é traiçoeira e, como se fosse automático, a mão corre pra dentro do bolso… Sim, é sempre assim comigo.

Essa estação é o meu terror, mas eu não posso fugir, então tento torná-lo agradável com minhas roupas coloridas e floridas ;]

  • jaqueta e blusa Renner
  • calça Forever 21
  • echarpe comprada em Buenos Aires
  • bota Bottero

mix de pattern

Aprenda como usar mix de pattern: coloque uma peça com um pattern, depois coloque outra peça com outro pattern… ou coloque uma peça com vários patterns… ou coloque duas… e use. Pode ser PB ou colorido, ou os dois… use.

Patterns são padrões de preenchimento, muitas vezes de repetição, que vemos em estampas e texturas, entre outros. Aqui eu fiz só uma brincadeira, claro, pois quem sou eu pra “ensinar a usar” algo? Usa o quê, quem e quando quiser ;D

mix_pattern_01

mix_pattern_02

mix_pattern_03

mixs_pattern_04

mix_pattern_05

mix_pattern_06

mix_pattern_07

▧ ▦ ▨ ▩

  • casaco Renner
  • camiseta Coca-Cola Clothing
  • calça Zara
  • bota Bottero
  • bolsa Dzarm

Corujinha

Coisa mais fofinha essa coruja na camiseta da loja 12:51, é uma estampa exclusiva da marca, feita pela designer Beatriz Quadros. Uma graça, né?!

corujinha_01

corujinha_02

corujinha_03

corujinha_04

corujinha_05

corujinha_06

  • camiseta 12:51
  • saia Riachuelo
  • bota Bottero
  • óculos Herchcovitch para Chilli Beans

Teleférico e Morro do Elefante – Campos do Jordão

Para ver toda a cidade de Campos do Jordão “basta” subir o Morro do Elefante… Como? De carro ou de teleférico. Claro que fomos com a segunda opção ;D

A montanha alcança uma altitude de 1.800 metros acima do nível do mar. O nome foi dado devido seu formato, que de longe se assemelha ao contorno de um elefante.

O teleférico fica no Parque de Capivari (na Vila Capivari) e custa R$11,00 (pelo menos no dia em que fomos). Pegamos uma fila grande, mas até que andou rápido – fomos avisados que nos finais de semana enche bastante – e não lembrei de calcular o tempo que leva cada trecho, mas não é muito.

No alto do morro o tempo de permanência é ilimitado. Tem um restaurante e um mirante com algumas barraquinhas vendendo toucas, cachecóis, lembrancinhas… e uma barraca em que você pode alugar cocares para fotografar *-* eu não resisti e peguei logo dois de uma vez hehe (um deles era grande demais pra mim).

cdjmorro_01

cdjmorro_02

cdjmorro_03

cdjmorro_04

cdjmorro_05

cdjmorro_06

cdjmorro_07

cdjmorro_08

cdjmorro_09

cdjmorro_10

cdjmorro_11

cdjmorro_12

cdjmorro_13

cdjmorro_14

cdjmorro_15

cdjmorro_16

Acho que estou pegando gosto pelas alturas hehe

  • vestido Meus 3 pontos (Endossa)
  • casaco e mochila Renner
  • bota Bottero (C&A)
  • chapéu Zara

Estação Emilio Ribas – Campos do Jordão

A Estação Emilio Ribas foi inaugurada em 1924 e fica na Vila Capivari, à 4 Km da antiga Estação Terminal Abernéssia – vila em que ficava o centro comercial de Campos do Jordão.

Os doutores Emilio Ribas e Victor Godinho eram médicos sanitaristas e abriram a ferrovia em 1914, a partir de Pindamonhangaba, para o transporte de doentes respiratórios para o hospital em Campos. Depois de passar por problemas financeiros, o Governo a assumiu como do Estado. Em 1980 passou a ser uma ferrovia apenas de turismo.

A estação é o ponto inicial e final do Bondinho Urbano que percorre as vilas jordanenses de Capivari, Jaguaribe e Abernéssia. Pela estrada de ferro também tem o passeio que vai até Pindamonhangaba, passando por Santo Antônio do Pinhal e Serra da Mantiqueira (nós não fizemos esses passeios, mas eu sei que custam cerca de R$10 o primeiro e R$30 o segundo).

cdjferrovia_01

cdjferrovia_02

cdjferrovia_03

cdjferrovia_04

cdjferrovia_05

cdjferrovia_06

cdjferrovia_07

cdjferrovia_08

cdjferrovia_09

cdjferrovia_10

cdjferrovia_11

cdjferrovia_12

Graynbow?

Um look total black é muito difícil pra mim. Já usei em ocasiões formais como casamento, formatura etc., mas no dia a dia não combina comigo. Então tentei sair vestida de grayscale… mas estraguei tudo com minha boina de arco-íris, ops!

greynbow_01

greynbow_02

greynbow_03

greynbow_04

greynbow_05

greynbow_06

greynbow_07

  • calça e jaqueta Renner
  • regata de bazar/brechó
  • boina feirinha de Curitiba (2003~2005)
  • sandália Bottero
  • bolsa Adidas
  • batom Cereja Berê – Quem disse, Berenice?

SPFW Ver’13 – Melissa

Em todas as edicões do evento a Melissa enche meus olhos com seus lounges coloridos, mas dessa vez ela disparou meu coração com o espaço arco-íris bem no centro da Bienal.

Pela segunda vez o lounge ficou aberto para o público e apresentou a coleção Melissa Rainbow, que começa a ser vendida nas lojas em agosto.

E o look do primeiro dia que eu só fotografei depois que cheguei em casa hê

  • suéter Renner
  • camisa Zara
  • shorts Brechó Boutique Vintage
  • meia-calça Riachuelo

vintetres

Sábado à noite ;]

  • jaqueta Forever 21
  • camiseta Zara
  • calça Marisa
  • wedge Bottero
  • esmalte Hits Dionísio

black tie wannabe

Como eu já disse, decidi ir na formatura no dia anterior à festa, então foi aquele drama atrás de roupa, sapato, grita prazamiga e tudo mais… o problema maior foi que eu trabalhei direto no sábado e fui me arrumar mais em cima da hora do que nunca… Nem tinha escolhido a roupa nem nada, foi realmente corrido.

Como eu não sei fazer aqueles makes lindos que eu vejo por aí, fui no basiquinho pra não errar e no cabelo uma trancinha (mais por conta da falta de tempo, mas eu gostei).

Fotos: Solene Sestari (mamma ♥)

  • vestido emprestado da Jenny
  • sandália Bottero
  • bolsinha Tok’s
  • colar Olívias
  • esmaltes Biquini – Hits (mãos) e Violeta – Colorama (pés)