Japão – Osaka II: Dotonbori

Ahh, Dotonbori, sem dúvida um dos lugares mais fascinantes do Japão! Principalmente pra quem ama culinária japonesa e/ou um exagero asiático, a região é perfeita!

Fomos lá duas vezes e eu sinto que ainda não aproveitamos 100%. Na primeira durante a noite, pudemos ver bem as fabulosas luzes das propagandas e fachadas super enfeitadas dos estabelecimentos. Contemplamos o Rio Dotonbori, o famoso Glico Sign (um luminoso gigante que tem um homem correndo com os braços para cima), assistimos um pouco de um show de girl band que estava rolando e beliscamos takoiyaki (bolinho com pedaços de polvo – aprox. R$ 20,00 porção com 8) e taiyaki (uma espécie de waffle com formato de peixe recheado – R$ 6,00) sabor azuki e sabor chocolate.

No meio de toda poluição sonora e visual, vimos muitas versões de um homem com roupa e chapéu listrados, eram brinquedos, docinhos, bebidas e adesivos, entre outras coisas. Trata-se do Kuidaore Taro Dotonbori, um famoso palhaço que tocava tambor e atraía as pessoas para seu restaurante na década de 50, acabou virando uma espécie de mascote de Dotonbori e é famoso até hoje! Eu trouxe um ímã dele, mostrei no post de comprinhas.

Na segunda vez fomos para almoçar e paramos no restaurante Dohton Bori (poisé) de okonomiyaki (é tipo “o que você quiser frito” – uma espécie de omelete ou panqueca de vários sabores, frita em uma chapa). O restaurante é pequeno e bem tradicional, daqueles que temos que preparar sozinhas o que vamos comer, coisa que definitivamente não conseguimos hahahaha! Mas os garçons nos ajudaram e pudemos comer três maravilhosos sabores: Mix, 4 Cheese e Hiroshima Yaki por aproximadamente R$ 75,00 (divido por 4: R$ 18,75 cada)

Já que estávamos de pancinhas cheias, preferimos maneirar na sobremesa e optamos por ir na Baskin Robbins, sorveteria de origem Americana (é uma rede bastante famosa), e não resistimos aos sorvetes enfeitados de bichinhos! Também aproveitamos para experimentar o sabor de sakura, que é muito bom!

Hmm, que fominha!

★ 道頓堀 ★

Japão – Osaka: Gudetama Café

Antes de ir para o Japão a gente já sabia que teriam muitos cafés  e restaurantes temáticos e que o acesso a eles não seria tão fácil, muitos só atendem por senha, formam filas quilométricas, precisa agendar horário por telefone etc. Então resolvemos seguir nossos roteiros e deixar que esses cafés e restaurantes surgissem no nosso caminho. Foi exatamente assim com o Gudetama Café!

Para quem não conhece, Gudetama é um ovinho bem preguiçoso (gude=preguiçoso / tamago=ovo) que adora ficar deitado com seu cobertor de bacon ou se espreguiçando em sua clara. Parece absurdo, né? hahaha pois é uma animação de origem japonesa da marca Sanrio (a mesma da Hello Kitty) e é possível assistir suas ~aventuras~ com legenda no Youtube: Gudetama Brasil.

Enquanto procurávamos um determinado local, paramos para pedir informação no shopping Hep Five e olhando o mapa de lojas nos deparamos com ele! Fomos correndo até a porta para ver se valia a pena pegar fila e: SURPRESA! Não tinha fila e não precisava marcar hora, fomos bem recebidas, sentamos e surtamos! hahahaha!!

Estávamos com pouca fome e rolava um medo de não gostar da comida, então pedimos pratos que pudéssemos dividir. Começamos com Gude White Curry (R$  27,00*), na sobremesa pedimos Amayakashite Castella Anmitsu (R$  30,00*) e finalizamos com um Gudetama Mont Blanc Pudding (R$  18,00*) e um latte (R$  15,00*). Foi um sofrimento comer comidas tão bonitinhas, olha a carinha dele socorroooooo!! Mas estava tudo gostosinho.

O espaço do restaurante é uma gracinha, adorei as cadeiras com formato de ovo! Tinha uma TV passando alguns episódios e toda hora tocava a musiquinha de encerramento (que agora, mais uma vez, não sai da minha cabeça).

* Os preços estão com valor aproximado na cotação atual e sem taxa.

É válido avisar que estávamos ali pagando pela marca, a comida não era ruim, mas é possível comer coisas de sabor parecido – ou melhor – pagando muito menos. Só que nós amamos esse ovo preguiçoso e ficamos felizes mesmo!

♡ ぐでたま ♡

Gudetama Cafe | ぐでたまかふぇ: HEP FIVE – 7º andar
5-15 Kakuda-cho, Kita-ku, Osaka-shi, Osaka

Nico Hamburgueria

Eu já mostrei aqui no bloguinho uma hamburgueria “de época” com tema de anos 50 e 60. E agora vou mostrar outra que tem a decoração um pouco mais nostálgica para mim (e acredito que para vocês também).

A Nico Hamburgueria é enorme, tem dois salões na parte de baixo, um salão no andar de cima e área externa e é toda decorada com objetos de época, especialmente brinquedos. Anos 60, 70, 80, 90 e alguns 2000, parecia até que estava fuçando o porão da minha avó… Impossível não encontrar nada que não te faça sentir saudades da infância.

Os lanches também tem nomes de personagens nostálgicos. Eu comi o Smurfs (hambúrguer de picanha, pasta de gorgonzola e onion rings no pão crocante) e adorei! A batatinha frita xadrez com maionese da casa é uma delícia e todo mundo saiu satisfeito com os pedidos. Único defeito unânime: o atendimento… Fomos em um horário que a casa estava vazia e, ainda assim, demorou bastante para sermos atendidos, para chegarem os pedidos e até a conta. Minha sugestão: vá sem pressa e curta o ambiente.














Nico Hamburgueria: Rua Cisplatina, 31 – Ipiranga – São Paulo – SP
Tel.: 2062-8000
De ter. a qui. das 18h às 00h; sex. das 12h às 15h e das 18:30 à 1h
Sáb. das 12h à 1h e Dom. das 12h às 00h

MMM na Vila Butantan

O Mercado Mundo Mix está com um novo conceito de interação pelos bairros e o espaço Vila Butantan foi o escolhido para iniciar o projeto “Mundo Mix Vai Até Você”. Como sou fã de carteirinha, fui dar uma passeada por lá no fim de semana e a feira hype mais famosa desde os anos 90 continua com muitas marcas lindas de roupas, acessórios, calçados e decoração, além de música e tatuagens.

Também na Vila Butantan estão ótimos food trucks para integrar o trio moda, entretenimento e gastronomia. Recomendo o hamburguer de feijão com queijo brie e cebola caramelizada no rum do UBÁ e o ceviche do Ceviches A Comer. Para sobremesa o canoli da Olha Isso – maravilhoso!

O MMM foi só no fim de semana, mas a Vila Butantan continua aberta com suas lojas fixas. E os food trucks ficarão por lá até o final de agosto.

Vila Butantan: Rua Agostinho Cantu, 47 – Butantã – São Paulo – SP

Hoboken e Carlo’s Bake Shop

Passamos um dia em Hoboken, uma cidadezinha muito fofa de Nova Jersey, onde fica a loja do Cake Boss (aquele dos bolos absurdos), a Carlo’s Bake Shop. Existem outras filiais da loja, mas esta é a a matriz, onde tudo começou e fica de frente para a prefeitura da cidade, a rua até ficou conhecida pelo seu nome.

No dia em que fomos estava lotada e demorou para chamar nossa senha, mas saímos de lá muito felizes com nossa sacolona de docessss!! Cupcakes, cheesecakes, cookies, bolos e mais, tudo uma delícia!

A cidade fica do outro lado do Hudson River e fomos de trem, mais conhecido como PATH (Port Authority Trans Hudson) é o sistema ferroviário que liga Nova Jersey com Manhattan (e vice-versa), custa US$ 2,75 e a viagem para Hoboken leva cerca de 15 minutos.

Carlo’s Bake Shop: 95 Washington Street – Hoboken, New Jersey 07030

Fondue rápido e fácil

Eu nunca “fiz” nem comprei fondue pronto, não conheço as boas marcas e opções. Num dia em que estava com vontade de comer, procurei uma receita fácil para o doce e para o salgado e, depois de ter feito várias vezes (e sempre deu certo), resolvi colocar aqui. São super simples e muito deliciosas, então por que não dividir, não é mesmo?

Foi assim que eu, que até pouco tempo nunca tinha feito um fondue, já estou especialista no assunto! hahaha brincadeira :P

Fondue de queijo

Ingredientes

  • 200g queijo gruyère
  • 300g queijo estepe ou emmental (já usei os dois e ambos são bons)
  • 1 colher de sopa de amido de milho
  • 1 pitada de noz-moscada
  • 1 dente de alho
  • 180ml de vinho branco seco
  • pão italiano (ou outro de consistência firme para não se despedaçar quando você mergulhar no queijo)

Modo de preparo

  1. Rale os queijos com ralador ou processador
  2. Dissolva o amido de milho no vinho branco. Adicione a noz-moscada a este líquido
  3. Passe o alho nos lados e fundo da panela
  4. Coloque os queijos e o líquido preparado na panela e misture, sempre em fogo baixo, até fundir totalmente o queijo
  5. Continue mexendo até que a massa ganhe uma consistência homogênea, logo após levantar fervura, desligue
  6. Sirva com pão italiano

Fondue de chocolate

Ingredientes

  • 400g de chocoloate ao leite em barra
  • 100g de chocolate meio amargo em barra
  • 1 caixa ou lata de creme de leite
  • frutas (banana, morango, kiwi, uva…)
  • marshmallow

Modo de preparo

  1. Pique os chocolates em um recipiente apropriado e derreta no microondas o (potência alta por 1 minuto), retire e veja se dá para mexer o chocolate até ficar bem derretido
  2. Leve ao fogo médio o chocolate e misture o creme de leite. Mexa até ficar com uma consistência cremosa
  3. Leve para o rechaud
  4. Sirva espetando e molhando na mistura as frutas (pode picar as que achar necessário) e o marshmallow

Moleza, né? As duas receitinhas eu peguei no site Tudo Gostoso e adaptei. Que tal? Depois me conta o que achou ;D

Lamen nham!

Acho que ninguém duvida o quanto eu gosto de comida japonesa, né?… Pois bem, uma das minha favoritas (além de todas?) é o lamen, um prato japonês de origem chinesa (é…) que consiste basicamente em longos fios de massa mergulhados em caldo extraído de verduras, legumes, carcaça suína, bovina, de frango ou frutos do mar, temperados com shoyu, sal ou missô e decorados comumente com carne de porco, cebolinha e broto de bambu.

O nome “lamen” (ラーメン) significa massa esticada (la) e macarrão (men), portanto ele é o protagonista do prato ♥

Enfim, pra mim não é algo tão simples de fazer, mas eu tenho muuuuita sorte de ter amigos que sabem e gostam de cozinhar (hehe), então fizemos lamen caseiro eeee \o/ e ficou tão bom e bonito que eu precisava postar aqui ;D

Também quer fazer em casa? Clique AQUI para ver uma boa receita. Itadakimasu!

Festival de comida japonesa indahouse !

Eu já contei que não sou lá grande coisa na cozinha, mas se é pra fazer algo que eu gosto coloco a mão na massa sem pensar duas vezes ;]

Na verdade dessa vez foi um pouco diferente, combinei com alguns amigos de fazer um almojanta aqui em casa e decidimos que seria comida japonesa !!! Cada um sabia fazer algum prato e foi assim que funcionou nossa linha de produção, todos ajudando no que podia e no fim tivemos um belo banquete com temaki, sushi, sashimi, guioza, shimeji e sunomono.

Também rolou uma caipirinha de saquê e salgadinhos japoneses enquanto os pratos mais complicados eram preparados. E para a sobremesa eu fiz uma delicioso pavê de Kit Kat (super me gabando sim!) que aprendi no Gulab ♥

Quando todos participam parece que fica ainda melhor, não é mesmo? E claro que registramos o que deu em fotos, já que o sabor agora é só saudade hehehe!

ITADAKIMAAAASUUU!

Santiago – Restaurante Giratorio e fast food

Nos falaram muito sobre o restaurante Giratorio antes da viagem, então não pudemos deixar de conhecer e reservamos para um horário em que fosse possível ver o céu ainda claro enquanto aproveitávamos o couvert. A recepção do restaurante fica no 16º andar do prédio e o dois acima são os salões. Ficamos no 18º andar  e, de um modo geral, posso dizer que o atendimento e a comida são muito bons, a decoração é bem simples e enquanto comemos o chão gira (bem devagar) para que possamos apreciar a vista panorâmica da cidade linda que é Santiago (média de R$ 150,00 o jantar para duas pessoas).

O Giratorio foi nosso único restaurante “fino” por lá, mas isso não quer dizer que comemos mal… Quando vi Dunkin’ Donuts (que tem aos montes) surtei de alegria! Comi muitas rosquinhas e me ~empanturrei~ principalmente do Donut Arcoiris (como eles chamam o donut de glacê de morango com granulados coloridos), também experimentamos os sanduíches e wraps e, hmmm, muito bons! Outra maravilha foi descobrir que tem Taco Bell, fast food tex-mex, também com um preço legal e delícia (média de R$ 7,00 o combo de burrito).

Comemos no restaurante Mamut, no Red Bar e em vários outros, mas o nossos favoritos foram os restaurantes da rede Dominó, para nós foi o melhor custo/benefício (média de R$ 6,00 o lanche com salsicha viena), lanches grandes e com ótimas opções de sabores. Fomos em dois, mas haviam vários, muito mais do que Mc Donald’s por aqui.

♥ fast food

Trato Feito e delícias

Mais um fim de semana chegando e eu aqui deixando dica de comidinhas gostosas, nham nham! Ainda estou tentando cozinhar outras coisas além do arrozcomfeijão no dia a dia e até publico algumas nas redes sociais, mas não é sempre que dá pra registrar (a fome é sempre maior)…

E, numa bela noite de domingo, fomos assistir Trato Feito inédito com amigos e aproveitamos para fazer um jantar bem delícia. A receita escolhida foi uma que eles já são craques: maminha de alcatra assada, batata laminada com bacon e cebola, mozzarella sticks e saladinha nhaamm! Fotografei o que deu com o celular para poder mostrar aqui -e ficar morrendo de vontade agora !!

janta_01

janta_02

janta_03

janta_04 2

janta_06

janta_07

janta_08

janta_09

Tudo foi feito no ~olhômetro~ dos cozinheiros, mas linkei receitas parecidas para quem quiser fazer em casa ;]